Temas Globais: AIDS

Temas Globais: AIDS

Em 2012 o mundo comemora 31 anos de AIDS e de resposta das Nações Unidas para a AIDS.

Em junho de 1981, cientistas dos Estados Unidos informaram sobre a primeira evidência clínica de uma doença que ficou conhecida como síndrome da imunodeficiência adquirida ou AIDS. Sua causa, o vírus da imunodeficiência humana (HIV) foi identificado em 1983. Trinta anos depois, a epidemia se espalhou por todo o mundo e mais de 60 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV.

O HIV é encontrado nos fluidos corporais de uma pessoa que foi infectada, como sangue, sémen, fluidos vaginais e leite materno, e pode ser transmitido através do contato sexual desprotegido. O vírus também é transmitido entre pessoas que injetam drogas que utilizam seringas não esterilizadas, bem como através de produtos sanguíneos não sujeitos à análise anterior. Além disso, de mãe para filho durante a gravidez, parto ou durante a amamentação se a mãe é HIV positivo.

Durante as décadas seguintes, a taxa de infecção aumentou dramaticamente, assim como a taxa de mortalidade. Mas, eventualmente, os novos tratamentos anti-retrovirais começaram a prolongar a vida daqueles que foram infectados. Mais de 5 milhões de pessoas tiveram a oportunidade de receber tratamento anti-retroviral em 2009, que reduziu o número de mortes relacionadas à AIDS em mais de 20 por cento nos últimos cinco anos.

Da mesma forma, nos últimos dez anos, pelo menos 56 países se estabilizaram ou diminuíram em mais de 25 por cento o número de novas infecções pelo HIV. Novas infecções pelo HIV foram reduzidas em 20 por cento, enquanto entre as crianças foram reduzidas em mais de 25 por cento, o que se traduz como um passo importante no sentido de eliminar a transmissão do HIV de mãe para filho até 2015.

O sistema das Nações Unidas tem estado na vanguarda deste progresso. Desde 1996, esforços têm sido coordenado pela UNAIDS, Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV / AIDS. O programa é co-patrocinado por 10 agências das Nações Unidas ACNUR, UNICEF, PMA, PNUD, UNFPA, UNODC, OIT, UNESCO, OMS e o Banco Mundial.

Em 2000, na Cúpula do Milênio da Assembleia Geral, os líderes mundiais fixaram metas específicas para deter e reverter a propagação do HIV, que foram ampliados em uma sessão especial da Assembleia em 2001. Os Chefes de Estado e de Governo emitiram a Declaração de Compromisso sobre HIV / AIDS, que propôs uma série de metas nacionais e iniciativas globais para parar a epidemia. O Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária foi criado em 2002 também. Em 2006, a Assembleia apresentou um relatório dos progressos realizados desde a sessão especial através da adoção de uma Declaração Política sobre o HIV / SIDA, em 53 pontos, abrindo o caminho para o acesso universal à prevenção, tratamento, cuidados e serviços Suporte.

Os líderes mundiais se reúniram em Nova York em junho de 2011 para celebrar a reunião de alto nível da Assembleia Geral sobre a AIDS. As promessas que eles fizeram definirão os próximos passos na resposta global à AIDS.

Link Oficial:

http://www.un.org/es/globalissues/aids/index.shtml

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s