Relatório Mundial de Drogas 2011

Relatório Mundial de Drogas 2011

23 de junho de 2011 – Enquanto os mercados globais de cocaína, heroína e cannabis diminuiram ou mantiveram-se estáveis, a produção e abuso de prescrição de medicamentos opióides e novas drogas sintéticas aumentaram, segundo o Relatório Mundial sobre Drogas das Nações Unidas

.
“Os ganhos que temos assistido nos mercados tradicionais de drogas estão sendo compensados por uma moda por drogas sintéticas e substâncias ilegais”, disse Yury Fedotov, Diretor Executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), que produziu o Relatório Mundial de Drogas de 2011.

“A ameaça global das drogas não diminuiu”, disse numa conferência de imprensa.

O relatório diz que cerca de 210 milhões de pessoas, ou 4,8 por cento da população mundial com idade entre 15 e 64, ingeriu substâncias ilícitas pelo menos uma vez no ano anterior.

A taxa de uso de drogas, incluindo o uso problemático de droga, (0,6 por cento das pessoas entre os 15-64 anos) se manteve estável. No entanto, a demanda subiu por substâncias que não estão sob controle internacional, como a piperazina e catinona.

Falando no lançamento oficial do relatório, em Nova York, o Secretário-Geral Ban Ki-moon observou que “pinta um quadro sombrio da ameaça representada pelas drogas ilegais”.”Os traficantes quebram mais do que a lei”, disse ele. “Eles quebram o espírito humano. Eles alimentam o terrorismo e a insurgência. Eles roubam as sociedades de paz. “”Os dependentes de drogas são pessoas que não devem ser tratadas com discriminação, eles devem ser tratados por médicos especialistas e conselheiros”, disse ele.

“A toxicodependência é uma doença, não um crime.”Referindo-se ao aumento do uso de drogas sintéticas, o Relatório diz que o “uso não médico de medicamentos é declaradamente um problema crescente de saúde em vários países desenvolvidos e em desenvolvimento.

“Além disso, nos últimos anos, vários novos compostos sintéticos surgiram nos mercados estabelecidos de drogas ilícitas. Muitas destas substâncias são comercializadas como «drogas legais» e são sucedâneos de drogas estimulantes ilegais como cocaína ou ecstasy.”
As conclusões do relatório incluem:- O mercado de cocaína Estados Unidos tem testemunhado uma queda enorme nos últimos anos, mas continua a ser o mercado mundial de cocaína.
– A cannabis continua a ser de longe a substância ilícita mais produzida e consumida a nível mundial.
– Durante a última década, o consumo de cocaína na Europa dobrou.
– Os preços de mercado para a cocaína caíram consideravelmente desde meados da década de 1990.

Download do Relatório:

http://www.unodc.org/documents/data-and-analysis/WDR2011/World_Drug_Report_2011_ebook.pdf

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s