Melhor Gestão das Nações Unidas

Melhor Gestão das Nações Unidas

Fazer mais com o que as Nações Unidas têm

1/Dec/1967. Suez Canal Sector. UN Photo/x

A fim de maximizar o impacto e fazer uso do máximo de recursos as Nações Unidas visa melhorar a eficiência e a eficácia das operações, racionalizando as estruturas, construindo uma força de trabalho global e dinâmica, e incentivando a inovação em todas as áreas.

Melhorar a eficiência e a eficácia das operações

Para melhorar os programas, reduzir os custos de transação para os governos, e as despesas gerais mais baixas, a ONU está a melhorar a coordenação-no-terreno. Desde 2007, o projeto “Delivering as One”  está trazendo as atividades da ONU para 8 países (Albânia, Cabo Verde, Moçambique, Paquistão, Ruanda, Tanzânia, Uruguai, Vietname), sob um líder, um orçamento, um programa, e em um escritório.
Para ajudar os Estados-Membros a reduzir os custos associados à escalada de conflitos, a ONU investe em capacidade de prevenção de conflitos. Em 2008,estabeleceu uma Unidade de Apoio plenamente operacional de Mediação e de uma equipe rápida de peritos de Mediação.

Para fornecer material humano, materiais e serviços de apoio à manutenção da paz da ONU e das missões de campo político, criamos o Departamento de Suporte de Campo em 2007.
A Assembleia Geral aprovou a Estratégia Global de Suporte de Campo em 2010,que é projetado para alcançar economias de escala e diminuir o tamanho de missões de paz pela consolidação da logística, transporte e suporte de recursos humanos.

Racionalização das suas estruturas

Em um esforço global plurianual, a ONU consolida suas atividades voltadas para o empoderamento das mulheres através da fusão de quatro entidades diferentes numa agência: Mulheres – Nações Unidas. A Mulheres – Nações Unidas (UN Women) vai liderar os esforços globais para acelerar a igualdade de gênero, expandir as oportunidades e combater a discriminação em todo o mundo.
Em 2007, a ONU reestruturou o Departamento de Assuntos de Desarmamento no Escritório para Assuntos de Desarmamento para melhor mobilizar a opinião pública e a vontade política necessária para re-energizar as ações em ambas as questões de desarmamento e não proliferação.

A construção de uma força de trabalho global e dinâmica

Um programa plurianual de reforma dos Recursos Humanos está em andamento para construir uma força de trabalho polivalente, versátil e globalmente móvel.

Em 2010, introduziu uma política de seleção pessoal revista, e uma ferramenta de e-staffing (Inspira) foi lançada juntamente com um novo portal web da carreira.
Além disso, a ONU Completou um exercício de planejamento da força de trabalho para a sede e para o campo.

Inovando para o máximo impacto 

Em 2009, a ONU estabeleceu um novo Escritório de Tecnologia da Informação e Comunicações (OICT). Também impleentou uma estratégia global das TIC que está em andamento para consolidar a infra-estrutura de tecnologia da informação e comunicação, e para melhorar os sistemas, ferramentas e métodos da Organização para a maior eficácia e eficiência.
Em 2010, a ONU estabeleceu o Global Pulse, que vai utilizar as novas tecnologias para fornecer dados em tempo real para os decisores sobre o impacto dos choques globais sobre as populações mais vulneráveis.
No momento a sede da ONU em Nova York está em reformas, que visa transformar o complexo de edifícios históricos em um local mais seguro, mais moderno e mais eficiente em termos energéticos. Novas tecnologias estão sendo introduzidas para reduzir a emissão de carbono da ONU em 45%, reduzir a emissão de gases de efeito estufa em mais de 23 mil toneladas por ano, e reduzir o consumo de água por mais de 40%.
A ONU está passando da impressão para a Web, incluindo ferramentas de mídia social, para a distribuição eletrônica e uso de documentos da ONU e publicações para um público muito maior a nível mundial. O resultado: A Sede da ONU utilizou 70 milhões a menos de folhas de papel em 2010 que em 2009. Isso é equivalente à altura de 45 edifícios do Secretariado da ONU, ou uma construção inteira salva a cada oito dias.

Como parte de um esforço contínuo para introduzir novas eficiências, uma série de iniciativas estão em andamento. 

A ONU está criando o primeiro centro de serviços regionais para missões de paz em Entebe em 2011 para obter economias nos transportes.
O Secretário-Geral está trabalhando com os Estados-Membros para melhorar o processo orçamental e uma melhor utilização dos recursos limitados.
A ONU está implantando um novo sistema “state-of-the-art” para o gerenciamento de programas e recursos, UMOJA, que irá salvar à Organização centenas de milhões de dólares. Será adotado mundialmente até o final de 2013.
A ONU está lançando uma iniciativa para simplificar e harmonizar as práticas de negócios em todo o Sistema das Nações Unidas.
A ONU iniciou uma revisão do sistema de avaliação de desempenho como parte da grande reforma de Recursos Humanos.
Estão em curso iniciativas destinadas a incentivar uma maior mobilidade de pessoal.

Fonte:

http://www.un.org/en/strengtheningtheun

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s