Dia Mundial do Habitat 03/10

Dia Mundial do Habitat 03/10

Na Resolução 40/202, de 17 de Dezembro de 1985, a Assembleia Geral da ONU designou o primeiro domingo de outubro de todo ano como o Dia Mundial do Habitat. Em 2011, o Dia Mundial Habitat é comemorado em 3 de Outubro.
Em 2011, o tema do Dia Mundial do Habitat é: As Cidades e as Mudanças Climáticas. Os efeitos da urbanização e as mudanças climáticas estão a convergir de forma perigosa. Os resultados dessa convergência sem precedentes ameaçam a ter impactos negativos na qualidade de vida e instabilidade econômica e social.

No entanto, a par destas ameaças há um conjunto igualmente convincente de oportunidades. Embora as áreas urbanas, com sua alta concentração de população, indústrias e infra-estrutura, sejam suscetíveis de enfrentar os impactos mais graves das mudanças climáticas, a urbanização também vai oferecer muitas oportunidades para desenvolver a mitigação coesa e estratégias de adaptação para lidar com as mudanças climáticas. As populações, empresas e autoridades de centros urbanos serão jogadores fundamentais no desenvolvimento dessas estratégias.

Mensagem do Secretário-Geral no Dia Mundial do Habitat 2011

“Este ano, o Dia Mundial do Habitat cai durante o mês em que os demógrafos prevêem que o sétimo bilionésimo habitante de nosso planeta irá nascer. O futuro que esta criança e sua geração irão herdar depende em grande medida de como lidamos com as pressões competitivas de crescimento da população crescente, a urbanização e a mudança climática.

Especialistas prevêem que até o ano de 2050, a população mundial terá aumentado em 50 por cento do que era em 1999. Também por esse tempo, dizem os cientistas, as emissões globais de gases de efeito estufa deve diminuir em 50 por cento em comparação com os níveis na virada do milênio. Eu chamo isso de “desafio 50-50-50”.

A elevação dos mares terá um grande impacto na mudança climática – e é uma preocupação urgente. Sessenta milhões de pessoas vivem dentro de um metro do nível do mar. Até o final do século, esse número saltará para 130 milhões. As principais cidades costeiras – como Cairo, Nova York, Karachi, Kolkata, Belém, New Orleans, Xangai, Tóquio, Lagos, Miami e Amsterdã – poderão enfrentar graves ameaças de tempestades.

O nexo entre a urbanização e a mudança climática é real e potencialmente mortal.

As cidades são centros de industrialização e de fontes de emissões, mas são também a casa para as soluções. Os municípios e mais e mais pessoas estão aproveitando o vento, a energia solar e geotérmica, contribuindo para o crescimento verde e a melhoria da proteção ambiental.

Esforços locais são críticos para o sucesso, mas eles devem ser apoiados por iniciativas internacionais. Nós já vimos o progresso, incluindo a criação do Fundo de Adaptação às Mudanças Climáticas e a aprovação do plano de ação para reduzir as Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal, conhecido como “REDD plus”. Todos os países concordam com o objetivo de limitar o aumento da temperatura global para abaixo de 2° C. Os países desenvolvidos e países em desenvolvimento se comprometeram a reduzir a emissão de gases de efeito estufa em acordos internacionais formais, responsáveis.

Agora precisamos construir sobre esses avanços. A Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, em Durban, em Dezembro, deve realizar progressos decisivos. A urbanização está na agenda da Conferência do próximo ano “Rio +20” das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.

Nesta observância do Dia Mundial do Habitat, vamos reafirmar nosso compromisso com a jornada importante para um futuro mais sustentável, e vamos concentrar maior atenção ao lidar com as alterações climáticas em cidades do mundo e mais além.”

Ban Ki-moon

Histórico

Designação
Em 1989, as Nações Unidas designou a primeira segunda-feira de Outubro de cada ano como o Dia Mundial do Habitat. A ideia é refletir sobre o estado das nossas cidades e do direito fundamental de todos à moradia adequada. Destina-se igualmente para lembrar ao mundo de sua responsabilidade coletiva para o futuro do habitat humano.
História
O Dia Mundial do Habitat foi celebrado pela primeira vez em 1986 com o tema “Abrigo é meu direito”. Nairobi foi a cidade anfitriã para a observância desse ano. Outros temas anteriores incluíram: “Abrigo aos Desabrigados” (1987, New York), “Abrigo e Urbanização” (1990, Londres), “Cidades do Futuro” (1997, Bonn); “Cidades Mais Seguras” (1998, Dubai); “Mulheres na Governança Urbana” (2000, Jamaica), “Cidades sem Favelas” (2001, Fukuoka), “Água e Saneamento das Cidades” (2003, Rio de Janeiro), “Planejando o nosso futuro urbano” (2009, Washington, DC ), e “Melhor Cidade, Melhor Vida” (2010, Xangai, China)

Título de Honra
O Título Habitat de adjudicação de honra foi lançado pela Programa de Assentamentos Humanos das Nações Unidas, em 1989. É atualmente o mais prestigioso prêmio para assentamentos humanos no mundo. Seu objetivo é reconhecer iniciativas que têm contribuído de forma notável em vários campos, como o fornecimento de abrigo, destacando a situação da liderança, sem-teto na reconstrução pós-conflito, e desenvolvimento e melhoria dos assentamentos humanos e a qualidade de vida urbana. O prêmio, uma placa gravada com o nome do vencedor e sua realização são apresentados aos vencedores durante a Observância Global do Dia Mundial do Habitat.

Link Oficial

http://www.un.org/en/events/habitatday/index.shtml

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s