Dia Internacional da Paz 21/09

Dia Internacional da Paz 21/09

Todo ano o Dia Internacional da Paz é observado em todo o mundo em 21 de Setembro. A Assembleia Geral declarou que esse dia seria dedicado ao fortalecimento dos ideais de paz, tanto dentro como entre todas as nações e povos.
Este ano – em seu 30º aniversário – o tema do dia é “Paz e Democracia: faça sua voz ser ouvida”.

O Preâmbulo da Carta das Nações Unidas afirma que a Organização foi fundada para prevenir e resolver conflitos internacionais e ajudar a construir uma cultura de paz no mundo.

A paz e a democracia são indissociáveis. Juntos, elas formam uma parceria que promove o bem-estar de todos. Consagrada na Declaração Universal dos Direitos Humanos, a democracia dá suporte a um ambiente de direitos políticos e liberdades civis.

De acordo com o tema do dia, algo profundamente notável está acontecendo no mundo. Mulheres e homens jovens em todos os lugares estão demonstrando o poder da solidariedade ao estenderem a mão e lutando juntos para o objetivo comum de dignidade e direitos humanos. Esta força poderosa traz consigo o potencial de criar um futuro pacífico e democrático. Adicione a sua voz!

Há muitas maneiras de participar de práticas democráticas, incluindo a participação no diálogo sobre os processos constitucionais, defendendo a autonomia da sociedade civil, juntando-se a luta pela igualdade de gênero e contra a discriminação, a prática de educação cívica e promovendo o recenseamento eleitoral.

O Dia Internacional da Paz oferece às pessoas no mundo uma data comum para organizar eventos e empreender ações, celebrando a importância da paz e da democracia de forma realista e útil.

Mensagem do Secretário-Geral para o Dia Internacional da Paz 2011

“Todos os anos no Dia Internacional da Paz, as pessoas ao redor do mundo se comprometem com a não-violência e a harmonia entre todos os povos e nações.

A paz é a nossa missão, nossa busca do dia-a-dia.

O tema deste ano centra-se na questão candente da paz e da democracia.

A democracia é um valor central das Nações Unidas.

É crucial para os direitos humanos.

Ela fornece canais para a resolução de diferenças.

Ela dá esperança aos marginalizados e poder para as pessoas.

Mas a democracia não se dá apenas, ela tem que ser alimentada e defendida.

O mundo precisa que você fale:

pela justiça social e liberdade de imprensa;

para um ambiente limpo e o empoderamento das mulheres;

para o Estado de direito e o direito de dizer uma palavra pelo seu próprio futuro.

Este ano, os jovens foram para a linha de frente pela liberdade.

Saúdo os ativistas e pessoas comuns pela sua coragem e determinação para construir um futuro melhor.

Nós, da Organização das Nações Unidas vamos trabalhar em uma causa comum para realizar as nossas aspirações compartilhadas para a segurança, dignidade e oportunidade para todos.

A todos aqueles que buscam paz, este é o seu dia, e nós estamos com vocês.”

Ban Ki-moon

Mensagem de Irina Bokova, Diretora-Geral da UNESCO por ocasião do Dia Internacional da Paz, 21 de setembro de 2011 
“Paz e Democracia: Faça que a sua voz seja ouvida”
“A paz é mais do que a ausência de guerra. Encontra-se na dignidade de cada mulher e homem. É o laço que liga as sociedades em harmonia com nosso meio-ambiente. É a fundação de estados legítimos e estáveis e base das relações internacionais.
Esta visão criou a Organização das Nações Unidas. É o objetivo de todas as atividades da UNESCO.

O Dia Internacional da Paz de 2011 é uma oportunidade para considerar os riscos de paz em um mundo que se move mais rapidamente a cada dia.
As pessoas estão mais conectadas do que nunca. As tecnologias de informação e comunicação estão abrindo novos mundos para a expressão e ação. Os meios de comunicação social estão criando novas plataformas de participação e democracia. Ao mesmo tempo, as mulheres e os homens em todo o mundo lutam ainda contra os terrores da violência e do conflito. A crise econômica global está atingindo duramente, deixando milhões de pessoas a sofrer as privações de pobreza e marginalização.

Em tempos turbulentos, devemos permanecer fiéis aos valores fundamentais da paz. A paz começa com justiça e dignidade para cada mulher e homem. Ela começa com a capacidade de cada um de nós, em todo o mundo, em imaginar um mundo melhor e trabalhar para criá-lo. É consubstanciada na ambição humanista dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

A Constituição da UNESCO, de 1945, afirma que “se as guerras começam na mente dos homens, é na mente dos homens que as defesas da paz devem ser construídas.” As mentes jovens são algumas das defesas mais poderosas da paz.
Mulheres e homens jovens estão mudando o mundo todos os dias. Sua luta pela dignidade, direitos e justiça, levou-os este ano para as ruas, mobilizados, para construir campanhas e movimentos de mudança pacífica. Novos horizontes para a dignidade humana estão se abrindo.

Neste Ano Internacional da Juventude, nós saudamos essas aspirações de paz e devemos nos erguer perante as expectativas que os dirigem. Devemos nos envolver com as ideias de jovens homens e mulheres e assegurar o seu lugar de direito em todas as sociedades. Suas vozes devem ser ouvidas e, mais importante, compreendidas.

A UNESCO trabalha todos os dias para apoiar os jovens no reforço dos valores democráticos e instituições, baseada na justiça, igualdade e respeito pelos direitos humanos. Agimos para fortalecer uma cultura de paz e não-violência através do diálogo intercultural e inter-religioso, e pela promoção da compreensão mútua e a reconciliação. Nós buscamos capacitar os jovens com novas habilidades de persuasão e de oportunidades para agir para a mudança pacífica.
Estes são os objetivos do Fórum da Juventude que a UNESCO vai realizar em Paris em 17-20 de Outubro, com o tema “Como a Juventude Dirige a Mudança.” Com participantes de todo o mundo e moderado pelo Embaixador da Boa Vontade da UNESCO Forest Whitaker, o Fórum proporcionará uma plataforma global para a elaboração de novas abordagens para reconciliação e resolução de conflitos.
Mulheres e homens jovens são portadores da tocha para um mundo mais pacífico. Devemos apoiar as suas aspirações, devemos ouvir as suas opiniões e devemos agir em seus sonhos. Esta é a nossa mensagem para o Dia Internacional da Paz de 2011.”
Irina Bokova

Link Oficial

http://www.un.org/en/events/peaceday/2011/index.shtml

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s