Ano Internacional para Pessoas com Ascendência Africana

Ano Internacional para Pessoas com Ascendência Africana

Cerca de 200 milhões de pessoas que se identificam como sendo de ascendência Africana vivem nas Américas. Muitos milhões mais vivem em outras partes do mundo,fora do continente Africano. Ao proclamar o Ano Internacional, a comunidade internacional está reconhecendo que as pessoas de ascendência Africana representam um grupo distinto, cujos direitos humanos devem ser promovidos e protegidos.

As pessoas de ascendência Africana são reconhecidos na Declaração de Durban e Programa de action1 como um grupo de vítimas específicas que continuam a sofrer discriminação racial como o legado histórico do comércio transatlântico de escravos. Mesmo afro-descendentes que não são descendentes diretos dos escravos enfrentam o racismo e a discriminação racial que ainda persistem hoje, gerações depois do comércio de escravos.

A Assembleia Geral da ONU proclamou 2011 como o Ano Internacional das Pessoas de Ascendência Africana (na resolução 64/169), citando a necessidade de reforçar as ações nacionais e a cooperação regional e internacional para assegurar que as pessoas de ascendência Africana desfrutem plenamente de direitos econômicos, culturais, sociais, civis e direitos políticos. O Ano visa ainda promover a integração de pessoas de ascendência Africana em todos os aspectos: políticos, econômicos, sociais e culturais da sociedade, e promover um maior conhecimento e respeito pela sua herança e cultura diversas. O Ano Internacional das Pessoas de Ascendência Africana foi lançado no Dia dos Direitos Humanos, 10 de Dezembro de 2010, pelo Secretário Geral da ONU.

O principal objetivo do ano é aumentar a consciência dos desafios que enfrentam as pessoas de ascendência Africana. Espera-se que o ano irá promover discussões que irá gerar propostas de soluções para enfrentar esses desafios.

Durante 2011, um vasto número de eventos internacionais, serão realizados. Em 2 de Março, em Genebra, durante o segmento de alto nível dos Direitos Humanos da ONU, um painel de discussão com a participação dos Estados-Membros e da sociedade civil face às preocupações de direitos humanos de pessoas de ascendência Africana. Naquela mesma semana, em 7 de Março, a discussão de um dia inteiro será realizada pelo Comitê para a Eliminação da Discriminação Racial, também de reuniões em Genebra. Essa discussão servirá para aumentar a conscientização sobre as causas e conseqüências da discriminação racial contra pessoas de ascendência Africana, e promoverá a visibilidade do seu diversificado patrimônio e cultura. Também em março, o Grupo de Peritos sobre Pessoas Africano de Descida discutirá o Ano Internacional. Esta reunião será realizada em Genebra de 28 março – 1 abril. O Ano Internacional será encerrado com a convocação de um debate de alto nível sobre as conquistas das metas e dos objetivos do Ano, que será realizada em Nova York durante a sessão ordinária do início Assembléia Geral da ONU em setembro.

Uma coalizão de organizações da sociedade civil criada para promover o Ano realizará memoriais, seminários, eventos culturais e outras atividades ao redor do mundo para assinalar o Ano e de sensibilizar a contribuição dos descendentes de Africano para o nosso patrimônio mundial. Todos, e em particular as pessoas de ascendência Africana em si, são incentivados a participar e contribuir para o sucesso do ano.

A resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas sobre o Ano Internacional incentiva os Estados-Membros e todos os doadores relevantes para contribuir com fundos para as atividades durante o ano.

Página Oficial do Ano:

http://www.un.org/en/events/iypad2011/global.shtml

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s